Concurso TSE Unificado 2023 deve abrir mais de 200 vagas

O novo certame para o TSE Unificado será realizado no próximo ano (2023). Está em trâmite toda a preparação, junto à comissão já formada, após autorizada a solicitação, para o processo seletivo unificado. Portanto, a partir de somente um edital, atendendo a todas as necessidades atuais dos diversos Tribunais Regionais Eleitorais em todo o território nacional.

O mesmo órgão federal também solicitou, junto aos demais Tribunais Regionais Eleitorais, nova pesquisa sobre vacância ou urgência de mais cargos, para a formação do texto edital. Deste modo, o órgão está na expectativa de organizar o certame e iniciar os preparativos para definir, todos os seus detalhes, finalizando com a determinação da banca organizadora.

Sobre o processo seletivo do TSE Unificado:

A meta do concurso será prover cargos aos Tribunais Regionais Eleitorais em modo centralizado, contando com a solicitação de, no mínimo, doze órgãos. Portanto, assim organizado, os órgãos de TRE estão isentos de somar nas suas propostas orçamentárias as verbas, permanecendo apenas o TSE encarregado da determinação da instituição para banca regente, em escala nacional.

Os cargos previstos nessa seleção se destinam ao setor de Técnico (requisito de nível médio) e na área de Analista (requisito de formação universitária). Para conferir a relação de órgãos solicitantes de postos pelo link da Portaria 502: https://www.tse.jus.br/legislacao/compilada/prt/2022/portaria-no-502-de-25-de-maio-de-2022.

É importante observar que não é a primeira vez que um certame é realizado um concurso de tipo unificado via TSE, dado que no ano 2007 a mesma instituição realizou edital de certame para cargos nos seguintes órgãos: os TREs do Rio de Janeiro, de Rondônia, Acre e Roraima.

Histórico Concurso TSE

Aquele processo de seleção, efetuado por meio do TSE, se deu no ano de 2011, disponibilizando cargos de ingresso imediato, bem como formação do cadastro reserva de pessoal no setor de Analista e de Técnico Judiciário.

Leia também:  Concurso TRT SC 2023 para diversas vagas em Santa Catarina

Aquele mesmo certame garantiu salário inicial para a função de Técnico Judiciário estava, naquele ano, no teto de 4.052 reais, cujo requisito mínimo era, então, de nível médio ou ensino médio acrescido da formação em Programação de Sistemas.

Para orientar os futuros candidatos, segue um resumo das etapas do mesmo concurso de 2011, TSE:

Os cadernos de prova objetiva daquele certame foram ministrados em distintos turnos, matutino e vespertino, de acordo com os cargos ofertados; a resolução das provas teve por tempo oficial de duração de cinco horas. No mesmo certame foi aplica, também, a prova discursiva (redação), seguida de outras etapas, como a de avaliação sobre os títulos, neste caso, somente para os inscritos na área de Analista Judiciário, que exigem formação universitária.

De acordo com o próprio TSE e com a instituição Consulplan, no geral, foram registradas em torno de 102.633 candidatos inscritos. Naquele evento, o posto de maior busca foi na área de Técnico Judiciário, no departamento administrativo, cargo de maior remuneração. Só para esta função, do total de pessoas cadastradas, foram 54.835 candidatos nesse setor, formando um contingente que superou a metade do número de participantes.

Para os cargos de nível universitário, a busca maior foi para os seguintes:

Para o setor de Analista Judiciário, departamento Administrativo, com 19.233 inscritos; para a função de Analista Judiciário, no setor Judiciário, com 15.155 pessoas inscritas, e para a função de Analista Judiciário, segmento de prestação de Apoio Especializado, no departamento de Análise dos Sistemas, contando com 3.346 pessoas inscritas.

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário