Terá mais concursos em 2023 se o PT vencer as eleições?


Saiba aqui se haverá mais concursos públicos sendo realizados caso o PT vença as eleições.

Um tema de grande relevância está sendo levantado, diante do atual cenário político no Brasil: haverá muitos Concursos Públicos ao longo do ano de 2023 no caso de o Partido dos Trabalhadores vencer as eleições?


O tema é controverso, pois, a grande maioria dos partidos políticos brasileiros constitui uma faca de dois gumes. Por um lado, o setor público no Brasil segue, há mais de um século, em intensa burocracia. O atual Governo Federal, junto de seus aliados, motorizou-se pela intensa crítica aos cabides de empregos públicos, porém, o número de certames públicos, desde a posse do Presidente Bolsonaro, aumentou, focando em setores diversificados, priorizando os departamentos de segurança pública.


Vale lembrar o seguinte:

O período de eleições gerais, em todo o território brasileiro, nesse ano de 2022, já está agendado para o dia dois do mês de outubro, constituindo o primeiro turno. O segundo turno será realizado, se houver (ou onde houver), ocorrerá no dia 30 do mesmo mês. Durante esse itinerário serão eleitos candidatos para o cargo o presidente (Chefe do Poder Executivo), para vice-presidente e para funções no Congresso Nacional.


A nova corrida eleitoral, que está sacudindo o ano de 2022 é muito distinta do que ocorreu há vinte anos, quando o ex-presidente, Luiz Inácio da Silva, dispunha da preferência nacional. No mês de outubro daquele ano, momento em que a vitória presidencial foi avassaladora para o PT, todo o mercado entrou no chamado “modo de nervosismo” e o valor do dólar disparou imediatamente, atingindo o máximo de 3,95 reais sobre a média mensal. Esse tipo de crise que se gera pode, muito facilmente, prejudicar os setores particulares e fortalecer os setores públicos, gerando muita burocracia.


Entretanto, após a crise da Covid-19, dentro da qual o Brasil, a convivência com o dólar atingiu um patamar acima dos cinco reais. Mesmo assim, hoje, essa outra crise segue sendo revertida.

Tudo isso pode influenciar nas pautas de formação de concursos públicos, sendo necessária intensa e rigorosa avaliação dos setores onde urge a ocupação de mais servidores; dos processos licitatórios que serão necessários colocar em prática de modo que os gastos públicos sejam direcionados apenas ao que é mais urgente.

A quantidade de certames públicos, atualmente, segue provendo cargos nas áreas de segurança e saúde.

Mas, é claro que, imersos em intensos problemas políticos, crise pandêmica, e agora, com a invasão da Rússia sobre a Ucrânia, nova crise se agita nos setores de investimentos públicos. Contornar essa situação requer liderança. No caso de o atual chefe da república brasileira, Presidente Jair Messias Bolsonaro, levar adiante todos os projetos que tem anunciado, certamente, isso terá um impacto positivo na vida da população, sobretudo a mais vulnerável. O novo Auxílio Brasil e o Vale Gás, possivelmente o Auxílio Combustível, poderão garantir um bom salto de investimentos econômicos que justifiquem mais concursos públicos.

Portanto, será necessário que os investimentos públicos sejam corretamente destinados aos setores onde existe real necessidade de novas turmas de servidores. Mas, como aventar qualquer previsão sobre a quantidade de concursos que poderão ser promovidos, em todos os Estados, no caso de uma volta do PT ao Poder executivo?

É fato que os discursos atuais do pretendente a candidato presidencial, ex-presidente Luiz Inácio, se fixam muito em gastos públicos, e na recuperação de seus antigos projetos, encalhados na era PT de governo federal. Lula tem firmado as diretrizes de sua pretensa campanha em projetos sociais, em benefícios sociais, e em parceria com “movimentos sociais” de caráter duvidoso, como o MTST, por exemplo.

Por outro lado, por se tratar de um tipo de governo que primaria pela intensa atuação do Estado sobre a população, gerindo a atuação das instituições privadas, existe, também, a possibilidade de investimento em muitos concursos públicos em variados setores.


Paulo Henrique dos Santos


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário Cancelar resposta